Por que comemorar o Dia Internacional das Mulheres?

No dia 08 de Março é comemorado mundialmente o Dia Internacional da Mulher. Mas você sabe por que esse dia foi escolhido e qual a sua importância? Se sua resposta é não, me segue que eu vou te contar um pouco da nossa história.

A origem do dia internacional das mulheres é cheia de controvérsias e iremos falar aqui das duas versões mais conhecidas e divulgadas.

Ainda que exista divergências sobre a origem da data, ambos os movimentos tinham o objetivo de alertar sobre as condições insalubres de trabalho a que as mulheres eram impostas. Vale ressaltar  as longas jornadas de trabalho e os baixos salários recebidos.

Com esse cenário, foi-se desenhando a criação de um dia dedicado à luta feminina, tanto nos Estados Unidos, quanto em diversas cidades da Europa.

Alguns historiadores associam o seu surgimento com a greve de mulheres que trabalhavam em uma indústria têxtil em Nova York e, consequentemente ao incêndio que ocorreu em 1911.

Dia Internacional da Mulher - 08 de Março!
Por que comemorar o Dia Internacional das Mulheres?

Já outros pesquisadores indicam que a data surgiu durante a Revolução Russa, em 1917, que foi marcada por diversas manifestações de mulheres operárias.

Em 08 de Março de 1917,  cerca de 90 mil operárias russas percorreram as ruas reivindicando melhores condições de trabalho e de vida. Esse movimento ficou conhecido como “Paz e Pão, uma vez que as mulheres manifestavam contra a fome e a primeira guerra mundial.

No dia 08 de Março é comemorado mundialmente o Dia Internacional da Mulher.
Em 1908 foi comemorado nos Estados Unidos o primeiro Dia Nacional das Mulheres.

Acontecimentos marcantes

Em 1908 foi comemorado nos Estados Unidos o primeiro Dia Nacional das Mulheres. Cerca de 1500 mulheres participaram da manifestação, onde eram exigidas igualdade econômica e política. Em 1909, a data de 28 de Fevereiro foi oficializada e um protesto reuniu mais de 3 mil mulheres e que culminou, em Novembro daquele ano, com uma greve que fechou aproximadamente 500 fábricas americanas.

Na Dinamarca, em 1910, durante a II Conferência Internacional de Mulheres Socialistas, foi discutida a criação de uma data para celebração dos direitos da mulher. A criação dessa data serviria como suporte para instituir o sufrágio universal em diversas nações.

Os protestos e reivindicações aumentaram em todo o mundo, principalmente durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Na Rússia, no dia 08 de Março de 1917, 90 mil mulheres manifestaram-se contra o as más condições de trabalho e a fome, no movimento conhecido com “’Paz e Pão”.

Apesar dos protestos ocorridos na Rússia, somente em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) iria assinar o primeiro acordo internacional visando igualdade entre homens e mulheres. Nos anos 1960, o movimento feminista ganhou corpo, em 1975 comemorou-se oficialmente o Ano Internacional da Mulher, mas apenas em 1977 o dia 8 de março foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas.

Incêndio na Triangle Shirtwaist

Uma das histórias mais emblemáticas a respeito da luta das mulheres e a criação do seu dia é o incêndio ocorrido na fábrica da Triangle Shirtwaist, em 25 de Março de 1911.

Na indústria as mulheres trabalhavam 14 horas por dia e recebiam o salário que variava de 6 a 10 dólares por semana. No local trabalhavam cerca de 600 mulheres, a maioria constituída por jovens imigrantes, algumas com apenas 14 anos de idade.

A Triangle Shirtwaist funcionava nos três últimos andares de um edifício de 10 andares, no centro de Nova York. O local não possuía extintores, o sistema de iluminação era a gás e ainda era permitido fumas dentro do estabelecimento.

Incêndio na Triangle Shirtwaist

Os trabalhadores do nono andar foram os que mais sofreram , pois foram os últimos a serem avisados e estavam em um local onde haviam apenas duas saídas, que se encontravam fechadas para impedir que as funcionárias saíssem durante o expediente. Durante o incêndio o elevador parou.

Sem saída, sufocadas e ciente do fogo intenso, várias operárias se atiraram das janelas, a uma altura de nove andares. No incêndio, 146 pessoas morreram, desse total, 129 eram mulheres.

Após o trágico incidente, a legislação de segurança para incêndios foi reformulada e as leis trabalhistas foram revisadas e muitas conquistas foram adquiridas.

Mais do que um dia reservado para receber flores e chocolates, o dia 08 de Março deve ser entendido principalmente como uma data para lembrar e celebrar nossas conquistas.

Obtivemos grandes vitórias mais ainda é necessário continuarmos a lutar por pautas como a  violência contra a mulher, o feminicídio, a própria diferença salarial e muitas outras. Ainda há muito a se fazer!

Gostou do texto? Me conta aqui nos comentários . Quero saber sua opinião!

Então, vale ou não vale a pena presentear a mulher da sua vida no Dia Internacional da Mulher?

Scarllete

Cleo Santos é formada em Jornalismo e colaboradora no blog da Scarllete acessórios. Amante de moda, empreendedora e apaixonada por joias.

Deixe uma resposta

Siga-nos no Instagram!